terça-feira, 15 de abril de 2014

10 dias, 10 segundos

Achei uma nova distração diária: o aplicativo '1 second everyday'. A proposta do app é que você filme 1 segundo do seu dia, todo dia, por um determinado período de tempo (eu quero fazer por 1 ano). Um segundo parece tão pouco, mas olhando os 10 segundos que compilam os últimos 10 dias, realmente dá pra ter noção do que andei fazendo e qual foi o destaque de cada um dos dias.

A data aparece no canto inferior esquerdo do vídeo:



O difícil é lembrar de fazer o filminho todo dia, e também escolher o que você quer que represente aquele dia. É possível fazer várias filmagens, e no fim do dia selecionar aquele que você acha mais bacana. Vamos ver como vai ficando, quando der 30 dias eu posto aqui novamente a compilação!

sexta-feira, 11 de abril de 2014

No repeat: L'Ultima Luna, Lucio Dalla

Estive em Milão essa semana, mais uma vez para cobrir o Salão do Móvel. No primeiro dia que estávamos lá, eu e as colegas pegamos um táxi pra voltar do restaurante para o apartamento e estava tocando essa música, que achei muito bacana.

O mais engraçado foi o breve diálogo entre uma das meninas e o taxista:

"Gostei dessa música. Esse cantor é famoso aqui na Itália?"
"Sim. Ele é famoso na Inglaterra?"
"Não"

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Parcerias pelo Aprendiz de Viajante

A essa altura do campeonato, quem lê esse semi-abandonado blog sabe que eu escrevo também no Aprendiz de Viajante. Lá, além de postar sobre as viagens, falo também de Londres (e muito!). Por causa do (modéstia a parte) ótimo conteúdo que temos lá, uma empresa que conta com motoristas brasileiros que fazem traslados e city tours entrou em contato para fecharmos uma parceria.

Mas o que eu quero dizer com parceria? Significa que, a cada pessoa recomendada pelo Aprendiz de Viajante que fecha um serviço com eles, nós ganhamos uma comissão (que não afeta o valor! Se fosse fechado sem indicação seria exatamente o mesmo preço). Para ver o post com a tabela de preços que fiz lá no Aprendiz, clique aqui. O email para contato com a empresa é londrestransfer@gmail.com

Como manter o blog (que vai muito além do site, pois temos também uma página no Facebook que passou dos 220 mil seguidores, perfil no Instagram e no Pinterest) dá muito trabalho, mas pouco dinheiro, resolvi compartilhar a parceria com a empresa de motoristas brasileiros aqui também.

Participamos também do programa de afiliados do booking.com, que funciona da mesma forma. Usando o link direto do site do Aprendiz para fechar sua reserva, nós também ganhamos comissão  (que, mais uma vez, não interfere no valor).

Assim conseguimos manter o blog e continuar criando conteúdo.

E foi esse o merchan do dia : )

segunda-feira, 31 de março de 2014

Leitura: A Viagem do Elefante, José Saramago

Gracas a uma amiga que voltou pro Brasil depois de muitos anos morando em Paris, estou com uma colecao grande de livros do Saramago na estante (obrigada mais uma vez pela 'heranca', Dé!). Eu acho Saramago um genio, mas também nao gosto de absolutamente todos que li dele. O Memorial do Convento, por exemplo, foi abandonado antes da metade (isso já há alguns anos, gostaria de tentar de novo).

Mas enfim, terminei A Viagem do Elefante tem umas duas semanas e gostei muito, muito mesmo. Foi um dos últimos que ele escreveu (o penúltimo, se nao me angano) já em precárias condicoes de saúde. A história trata da viagem do elefante Salomao entre Portugal e Áustria, um presente do Rei de Portugal ao Arquiduque austríaco, no século 16.

É uma escrita cheia de nuances satíricas (bom, pelo menos eu achei) e passagens divertidas. Gostei particularmente das partes onde o narrador fala direto com o leitor, que nao sao poucas. Uma leitura até que rápida, aconselhável nao apenas para os fas do autor como também pra quem quer comecar a ler seu trabalho e nao sabe por onde.

segunda-feira, 24 de março de 2014

Pausa

Ando numa daqulas pausas inspiracionais que acontecem sem meu controle - uma dó de não achar nada que me faça querer escrever aqui!

Devo voltar jajá, terminei um livro há uns dias e viajo nesse fim de semana : )

té mais!

sábado, 15 de março de 2014

Chitown

Estou mais uma vez em Chicago e pra minha sorte a feira esse ano coincidiu com o fim de semana do St. Patrick's Day, que é muito celebrado aqui. Pra se ter uma dimensao da festa, o Starbucks serve cerveja Guinness e o Chicago River é tingido de verde.

Como o 'tingimento' do rio ia rolar as 9:30 da manha e eu acordei as 6 por causa da diferenca de horário (Londres está 5 horas na frente), resolvi ir lá ver antes de ir pra feira. E valeu a pena! O rio fica verde mesmo, neon quase. Aqui umas fotos que postei no Instagram:



E como o dia amanheceu bem bonito, também aproveitei para ver o Cloud Gate mais cedo:
Chicago é mesmo incrível, e estar aqui pela segunda vez é muito bacana. Depois da feira terei uns dias para bater perna (preciso visitar umas lojas de design e decoracao) e explorar melhor algumas partes da cidade que nao consegui da outra vez.

sexta-feira, 7 de março de 2014

O não inverno

Eu lembro que na faculdade (não lembro que matéria, mas era tipo segundo semestre, bem lá no começo), um professor passou um trabalho que era desenvolver uma não cadeira. A ideia é questionar a função do produto e ver o que acontece quando tiramos dele a única coisa que o faz 'ser'. Profundo né? Pois bem, lembrei do trabalho da não cadeira porque queria falar sobre o nosso inverno 2014: o não inverno.

O que acontece quando tiramos do inverno a única coisa que o faz ser inverno, ou seja, o frio (vale lembrar que estou falando de frio para os nossos padrões aqui hein, não para os padrões de clima tropical, onde 15 graus é frio)? A impressão que eu tenho é que estamos passando por um outono prolongado, onde vestir casacão é demais mas jaqueta jeans é de menos.

O inverno esse ano ficou marcado pelas chuvas, enchentes, deslizamentos e caos no sistema ferroviário. Trilhos destruídos por causa da ressaca do mar e pessoas que perderam tudo. Uma reação (ou melhor, não reação) patética do governo, que deu bola fora atrás de bola fora.

Esse é meu primeiro inverno aqui sem neve. E também o primeiro que usei luvas apenas uns 3 ou 4 dias. O gorro não saiu da gaveta e o cachecol teve que ser carregado na mão porque dava muito calor no meio do caminho. Vendo pela televisão as tempestades de neve na costa leste dos Estados Unidos, a gente ficou esperando o frio chegar aqui - será que ele vem? Eu acho que não. 

Estamos todos interpretando o não inverno como sinal de uma ótima temporada primavera/verão pela frente. Mas tenho meus receios: ano passado o inverno foi rigoroso, prolongado, e tivemos um verão incrível. Será que inverno ameno não significa um verão também ameno? Ai, bate na madeira!