Leitura: O Caderno de Maya, Isabel Allende

maio 15, 2012 Helô Righetto 4 Comentários

Há tempos que o A Casa dos Espíritos está empacado na prateleira - minha amiga emprestou a versão em espanhol mas depois que levei meses pra conseguir terminar meu primeiro livro nessa língua (nunca tive aulas formais de espanhol, é tudo de ouvido da convivência com o Martin e família) meu cérebro, coitado, pediu um tempo.

Até que outra amiga me emprestou esse livro, O Caderno de Maya, em português. Como sempre gosto de alternar - inglês, português - foi esse o escolhido da vez.

Ruim não é, mas definitivamente não é meu estilo de livro. Nossa, que dramalhão mega master novelístico. O final então, cheguei a achar engraçado de tão ruinzinha que é a reviravolta. Prefiro um enredo mais calmo, contínuo.


A vantagem é que é muito fácil de ler, os capítulos fluem rapidinho - rola aquela curiosidade pra saber "mas e agora? será que a mocinha se salva?" coisa e tal.

Outro ponto positivo é que boa parte se passa no Chile, mais precisamente no vilarejo de Chiloé, que por sua vez fica na ilha de Castro. A autora inclui vários detalhes da cultura e costumes do povoado, bem legal.

Enfim, bom pra dar aquela quebrada nos livros em inglês, mas me desmotivou a ler A Casa dos Espíritos. Vai esperar mais uns bons meses na prateleira!

4 comentários:

  1. Nao sei se e porque eu nao uso Portugues no meu dia-a-dia ha mais de 15 anos, mas eu nao tenho mais paciencia em ler em Portugues. Nao me prende a atencao. E que nem assistir a filme dublado, eu nao consigo mais. Atualmente estou lendo o primeiro livro da serie do "Game of Thrones" - (culda da HBO!)quase 900 paginas! Coloquei no iPad, e leio enquanto estou no elliptical machine na academia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentario totalmente desnecessario! -.-'

      Excluir
  2. Anônimo11:33 AM

    Sou fã de Isabel Allende mas realmente achei este último livro fraquinho, comparado com outros dela. Paula para mim foi o melhor de todos. Simplesmente lindo o amor de mãe e filha. Recomendo.

    ResponderExcluir
  3. Dificil crer. Eu sou fã da Isabel e amo os livros dela. Uma pena que esse não tenha prendido sua atenção, mas leia a casa dos espiritos qeu você vai gostar. Os primeiros livros são muito autobiograficos e talvez por isso prenda tanto a atenção. Vou tentar ler este par ver se gosto, mas não desista dela, tente novamente. Bjus.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário! E caso faça uma pergunta, volte para ver a resposta