Pé na estrada

janeiro 16, 2006 Helô Righetto 2 Comentários

Eu e minhas obssessões. Acabamos de voltar de NY e agora minha leitura preferida é essa:


Sim, queremos voltar lá esse ano. Fazer o que, eu me apaixonei por Buenos... e agora quero ir lá mais "escolada", sem aquela carona de turista.

É incrível né, como é impossível disfarçar que a gente é turista. Guia na mão, cara de perdidos e maravilhados com tudo ao redor. Nunca vou me esquecer como fui mal tratada pela caixa da Duane Reade (rede de fármacia/mercado que tem em todas as esquinas de NY, fomos lá direto comprar água e coisinhas), que me fez uma pergunta que eu não entendi (agora já sei, ela queria saber se eu tinha o cartão Duane), eu mandei ver no: "Sorry?", e ela fez aquela cara universal de c*, do tipo: ah, você não é americana e seu inglês é uma josta...

Mas também, teve o velhinho que foi muito gente fina e veio falar com a gente (estávamos olhando o mapa): "Ok, where do you wanna go?" Bom, tem muitas historinhas boas pra contar de NY que não coloquei no diário de bordo, sabe, uns detalhes aqui e ali que quando a gente lembra fico sorrindo... aquela coisa que é só nossa... que saudade...

2 comentários:

  1. Essa cara de c# parece que é em todo canto. Aqui rola o mesmo. Quando alguns sacam que vc não é americana e o inglês é male male, já viu...
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Menina,uns dos meus goals e levar minha mae para conhecer a Argentina...
    Buenos Aires, ai vamos nos... risos
    Algum dia, ne?
    Catita

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário! E caso faça uma pergunta, volte para ver a resposta