Catiorro

maio 15, 2017 Helô Righetto 3 Comentários


Eu sei que a linguagem é algo mutante, que ao longo dos anos novas palavras surgem, regras gramaticais são alteradas e a maneira que a gente se comunica vai se moldando a novas realidades. Mas isso não me impede de vir aqui lamentar uma nova "tendência" que sequestrou o bom português nas redes sociais. Essa mania insuportável de escreve "catiorro" e "gatíneo" em vez de cachorro e gatinho. Que porra é essa?

Parece que o nh foi substituído pelo ne de vez. Ainda há pouco li um "agorinea" e um "amiguinea". Que que isso gente? Se já não bastasse o povo escrevendo "quiança" em vez de criança, a gente tem que prosseguir a infantilização da língua?

Fico pensando, será que essa é uma evolução natural? Será que daqui a algumas décadas as pessoas vão ler as palavras cachorro e gatinho achando o mesmo que a gente acha do inglês vitoriano hoje em dia, por exemplo?

E o pior é que quem reclama - como eu - é visto como o chato, o sem graça, o que não admite erros. Vamos combinar que errar é uma coisa, mas infantilizar palavras é outra. Ninguém é a prova de erros, mas bem que a gente podia se esforçar pra ser a prova de idiotização do idioma né?

3 comentários:

  1. Tb acho essa moda ridícula. Concordo com vc, é a infantilização da língua portuguesa.

    ResponderExcluir
  2. Aaaaaamo esses seus posts!! hahahahahha

    Eu sou dessas ~chatas~ e também odeio esse jeito de infantilizar as palavras...
    BRIGADA, HELÔ!

    :)

    ResponderExcluir
  3. Amei o post. Porque existem vários tipos de tradição, algumas devem ser superadas (como as do post anterior) mas a linguagem correta deve ser conservada. Senão é o vale tudo, o que significa que nada vale.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário! E caso faça uma pergunta, volte para ver a resposta