De volta a ativa

junho 06, 2014 Helô Righetto 7 Comentários

Nos nossos 2 primeiros anos em Londres, conseguimos contruir uma rotina muito boa de exercício: íamos correr quase todos os dias, e chegamos a participar de várias corridas (eu fiz muitas Race for Life), de 5 e 10km.

O problema é que eu detestava. Detestava mesmo. E todos meus amigos que correm me falavam: 'ah, depois que você começa e acostuma, fica viciada! Vai amar!'. Acho que esse foi o pior conselho que ouvi. Não apenas o bichinho da motivação não me mordeu, como eu comecei a ficar muito mal humorada durante a corrida e também mega frustrada por não estar gostando.

Por causa disso, acabei deixando de lado. Ia uma vez ou outra fazer caminhada no parque, mas nada regrado. 

Só que esse ano eu me toquei que estou nessa vida sedentária há uns 2 anos, e né, ninguém aqui está ficando mais jovem. Eu vejo os benefícios da caminhada/corrida em todo mundo que pratica (meu pai é um ávido caminhador), então decidi tentar novamente.

Aqui um adendo: não tentei academia porque odeio com todas as minhas forças a ideia de pagar pra fazer algo que não me faz muito feliz. Não suporto academia, a atmosfera da academia, a coisa de ficar trancada num lugar pra se exercitar. Sei que tem muita gente que curte, eu até ja tentei (mais de uma vez), mas essa lição eu aprendi.

Estamos num ritmo bom de caminhada/corrida há uns 2 meses. A boa notícia é que estou motivada, não odeio, e estou focando na parte boa, que é ficar saudável. Resolvi fazer novamente a Race for Life (5km, já escrevi sobre essa corrida aqui no blog várias vezes), mas sem grandes compromissos, vou com uma amiga e vamos curtir o dia e a atmosfera do evento (é sempre muito emocionante saber a história das pessoas que estão lá e conhecer os motivos que as levaram a participar. Eu apoio o Cancer Research UK desde que cheguei em Londres e há alguns meses faço contribuições mensais que saem direto do meu salário), e eu e o martin nos inscrevemos para uma corrida de 10km em novembro (no momento, fazemos 6km entre corrida e caminhada).

É isso. Boa sorte pra mim e que o mau humor passe longe. 

Abaixo a campanha da Race for Life desse ano, que está muito legal, acho emocionante.

7 comentários:

  1. Que bacana o espirito dessa corrida!
    Eu sempre fui super ativa, fiz ballet durante 10 anos (inclusive já li que tu chegaste a fazer aí em Londres, que máximo!!!), mas de uns tempos pra cá minha rotina de exercícios tem sido academia mesmo... Não que eu ame, mas tb não odeio, acho que faço meio que no automático. Tenho gostado bastante das aulas de circuito funcional, tem bastante cardio e um pouco de musculação tb.
    Tu paraste total com o ballet?

    ResponderExcluir
  2. Parei Amanda! nao tava dando pra conciliar com trabalho, viagens, blog... era longe de casa. Eu amava, mas precisei sair!

    ResponderExcluir
  3. Oi Helo,
    Me abraca. Eu ja gastei tanto dinheiro em academia e nunca vou. Agora ja desisti de me inscrever. Outro dia estava comentando com a Fe de fazer uma 5K, mas cade o animo??? Eu tb ja ouvi essa estoria que correr vicia, mas esse bicho nunca me mordeu. Ja tentei tantas vezes tb.....Mas boa sorte pra vc e que dessa vez vc seja picada pelo bicho da corrida. Bjs Tania

    ResponderExcluir
  4. Ah se eu pudesse.......

    ResponderExcluir
  5. Helo, vc sabe que fico muito feliz em ler esse post hahahaha Eu sim fui uma que falei que o bichinho ia te picar e chegamos até a fazer 5km da adidas juntas em 2010. Eu também odeio academia e tudo que vc falou que vem com o plano, por isso também me recuso a pagar. Que bom que vc está tentando. Não force, vai com calma, nos dias que não tiver afim, simplesmente não vá. Eu, que tenho a corrida na minha rotina, acho insuportável correr quando não está afim. Me fala dessa corrida de 10km, quem sabe eu e o Vini não vamos juntos com vcs!

    ResponderExcluir
  6. Muito bem! Cuidar da gente mesma é bom demais.

    ResponderExcluir
  7. Eeee parabéns! Espero que vc ache a motivação necessária :) não é fácil!
    Eu vou à academia, pelo menos 3x na semana. Não que eu ame, mas quando me mudei pra cá, ia correr no parque (cheguei no verão), mas dali dois meses começou a ficar frio e quando chovia eu não ia... aí desregulou tudo! Por isso prefiro ir na academia: faça chuva ou faça sol, eu posso correr, remar, pedalar e ainda fazer um pouquinho de musculação... e tem funcionado pra mim. Acho que as pessoas tem que fazer o que gostam ou pelo menos, toleram. Pra mim é tão automático já que se não vou, sinto falta!
    Enfim... cometário gigantesco! haha
    Beijos!!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário! E caso faça uma pergunta, volte para ver a resposta