The Big Issue

março 06, 2010 Helô Righetto 4 Comentários

Quando nós chegamos aqui, há 1 ano e tanto atrás, eu me vi com muito tempo livre nas mãos, como a maioria de vocês já sabe. Depois de fazer turismo, arrumar a mudança e me sentir mais adaptada, eu comecei a pesquisar sobre trabalhos voluntários, já que minha distribuição de currículos não estava trazendo resultados e eu ainda escrevia pouca coisa, sem achar que ia dar certo.

De todas as organizações e instituições que pesquisei, a que realmente me chamou atenção foi a revista The Big Issue. Pra quem não é daqui, eu explico: essa revista é vendida por moradores de ruas (homeless), espalhados por toda a cidade. Eles são registrados, compram a revista e a revendem, o esquema é super honesto e a iniciativa é bem interessante. A Big Issue, além de produzir a revista, oferece vários cursos profissionalizantes e tenta ao máximo encaminhar essas pessoas para um vida melhor: alguns deles conseguem trabalho, ou começam a estudar.

A Flávia, coincidentemente, acabou de escrever um post um tanto que relacionado a isso (pessoas que não tem onde morar, pobreza na Inglaterra em geral), e eu tenho que confessar que, mesmo vindo de uma cidade (um país né?) onde a probreza está no nosso nariz, eu me choquei bastante quando cheguei aqui. Tudo bem, eu sabia que aqui não era perfeito - aquele mar de rosas que muitas pessoas pintam - mas pesquisando mais a fundo a questão dos desabrigados, a gente fica chocado sim.

Enfim, eu tentei de várias maneiras entrar em contato com eles, para trabalhar voluntariamente, mas sempre obtive a mesma resposta: há muita procura e estamos sem vagas (!!!). Quero muito conseguir escrever pra essa revista, teria um gostinho especial. Eu procuro comprar pelo menos uma vez por mês (custa £1,70, e é semanal) mas não fico satisfeita, sabe? Queria participar mais, então vou continuar tentando!

Eu cheguei a fazer um trabalho muito legal com algumas ONGs de SP, quando trabalhava no projeto Design Possível, e até já fui funcionária de uma dessas ONGs, o Projeto Arrastão, logo antes de entrar na Tok&Stok. Infelizmente, a rotina de trabalho na T&S consome a gente de uma maneira absurda e eu tive que sair do grupo. A Dani e a Ana, duas das minhas melhores amigas, trabalham lá e eu tenho muito orgulho de dizer que participei da fundação do grupo.

Alguém aí, faz trabalhos desse tipo ou tem vontade??

4 comentários:

  1. Eu tenho vontade de fazer trabalho voluntário sim, mas nunca deu certo. Sempre pensei naquele Amigos da Escola (pq é uma coisa que gosto - ensinar). Em Londres, trabalei como voluntária numa casa do National Trust (mas dai foi mais pra tentar me beneficiar do que ajudá-los de fato, confesso... hehe), chamada Osterley Park and House. Eu ficava falando pros visitantes sobre os cômodos da casa. Vale a pena ir lá quando o dia tiver bom.

    ResponderExcluir
  2. Meus pais fazem muitos trabalhos voluntarios para a renovacao do centro, eu acho que trabalhos voluntarios dao uma satisfacao imensa. Eu nunca comprei a Big Issue e nao sabia quem vendia era homeless, fiquei p da vida uma vez um carinha bem abusado no trem vendendo a revista, eu falei que nao queria e ele disse, entao se vc nao quer a revista me da uma graninha do mesmo jeito ha, ha, ha. Mas tem um carinha na waterloo station todo os dias com voz de locutor de radio, vc jah viu? Talvez eu compre dele da proxima vez :-)

    ps- meu hotel estah sempre participando de trabalhos voluntarios e eu gosto bastante, fiz nos EUA e aqui tbem, ainda mais qdo tem a ver com criancas.

    bjao e desculpa o comentario/post...

    ResponderExcluir
  3. eu escrevo para uma revista online sobre a america latina, onde a gente informa sobre problemas sociais, etc. Mas morro de vontade de participar de uma ONG mesmo, mas a procura de emprego tem prioridade no momento. Alias, tentei tb arranjar emprego em varias ONGs daqui tipo que trabalham com criancas ou pessoas em necessidade, mas aqui eles exploram as pessoas mesmo e so aceitam voluntarios ou estagiarios, nao remunerados. =P bjs!

    ResponderExcluir
  4. Adorei o layout novo. Você vai sair na tevê?

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário! E caso faça uma pergunta, volte para ver a resposta